Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado. Lc. 14:9.

O orgulho tem sido o meio pelo qual muitos homens encontram a ruína. Foi assim nos céus quando Satanás encheu seu coração de orgulho objetivando ser igual a Deus! Foi assim com o homem no Éden que com o seu coração ansiando também ser como Deus, desobedeceu a ordem do Senhor tomando para si o fruto proibido cujas consequências deste ato foram trágicas, pois, culminou na queda do homem com a entrada do pecado no mundo.  Vide Gn. 3: 1-5.

O orgulho pode ser definido como “conceito muito elevado que alguém faz de si mesmo”. Ponderando a respeito do tema, certamente você mesmo caro leitor, poderia citar várias causas que levam o homem a ser orgulhar de si próprio. Citemos algumas delas apenas a título exemplificativo: i) orgulho por ser de boa família; ii) orgulho por ter sucesso profissional; iii) orgulho por ter grandes posses; iv) orgulho por possuir grande beleza física; v) orgulho por ter talento para realizar determinadas tarefas, e por aí vai. De fato, quem nunca na vida se sentiu orgulhoso por uma dessas coisas, ou até mesmo por algo que não foi citado nessa lista? Podemos afirmar sem sombra de dúvidas, que, desde os primórdios, o homem é uma criatura orgulhosa, tanto de seus feitos, como de sua “autossuficiência”!

O homem ignora que tudo o que possui ou tudo o que consegue realizar vem das mãos de Deus! Ele é mantenedor da vida, e sem que Ele o queira, nada somos capazes de fazer! “Porque Nele vivemos, nos movemos e existimos…” At. 17:28. Ou seja, se hoje você está vivo, goza de boa saúde, etc., é porque Ele permitiu! Sequer temos controle sobre nossa própria respiração, quem dirá sobre as demais coisas da vida! Cristo quando estava neste mundo pregava a alguns homens acerca da libertação que a palavra de Deus traz à vida dos seres humanos, mas, estes homens repudiaram a pregação de Cristo, pois, se diziam livres e que eram filhos de Abraão. Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Responderam-lhe: Somos descendência de Abraão, e nunca servimos a ninguém; como dizes tu: Sereis livres?” Jo. 8: 31-33.

Aqueles homens não conseguiam entender que sua linhagem, o fato de descenderem de Abraão, que foi um grande servo de Deus, não poderia lhes garantir a vida eterna. Realmente eles vinham de uma boa linhagem, já que Abraão foi o homem escolhido por Deus para ser pai de uma grande nação, qual seja, o povo judeu, porém, isso nada significava àqueles judeus que ouviam a pregação de Cristo já que não eram verdadeiros servos de Deus! Eles estavam convictos que apenas sua linhagem seria suficiente para ter privilégios perante Cristo e Deus Pai! Talvez você meu amigo, seja de uma família de religiosos, talvez até mesmo de evangélicos, porém, se não deixar o orgulho de lado, renegar a si próprio e confessar os pecados à Cristo, você estará na mesma posição daqueles homens que confrontaram o Salvador, em posição de perdição! Veja o que Cristo respondeu a eles quando confrontados por aqueles homens, “filhos de Abraão”:Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado… Bem sei que sois descendência de Abraão; contudo, procurais matar-me, porque a minha palavra não entra em vós.” Jo. 8: 34;37.

Não importava que aqueles homens fossem “filhos de Abraão”, eles estavam em pecado e não conseguiam enxergar as maravilhosas verdades de Cristo por conta do orgulho, o que os impediam de se arrependerem a ponto de quererem matar o Salvador! Mas agora procurais matar-me, a mim, homem que vos tem dito a verdade que de Deus tem ouvido; Abraão não fez isto.” Jo. 8:40.

Lembre-se, para vir a Cristo, não é necessário vir de boa família ou ter quaisquer outras aptidões, pois,“todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”! Basta apenas, deixar seu orgulho de lado, se arrepender de seus pecados e aceitar Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador!

Deus o abençoe!

Helmo Freitas

Igreja Batista em Casa Verde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *